O “novo normal” já existia antes da pandemia

Provavelmente, você já ouviu falar a expressão de “novo normal” pós pandemia.

Porém, o que vem intrigando muitos, é a questão: mas esse novo normal já não existia?

O significado da palavra normal é: algo comum, de acordo com a regra. O que acaba gerando uma confusão, já que este significado pode ter inúmeras interpretações, pois o que é normal para mim, talvez não seja para você.

Isso pensando em todos os sentidos, estilo de vida, relacionamentos, religião, dinheiro, sucesso. O que é normal, é de acordo com a realidade de cada indivíduo no momento presente.

Com essa mudança de realidade devido a pandemia, muitas empresas e pessoas precisaram se adaptar a um mundo mais tecnológico. 

Questões de home office, o uso do universo digital para resolver qualquer situação. A busca pelo entretenimento, resolver os problemas do dia a dia, pagar contas, falar com amigos e familiares apenas por vídeo conferências. 

Tudo para seguir as regras de afastamento social e diminuição de aglomerações.

Com isso, chegamos ao ponto que queremos aprofundar hoje. 

De certa forma, toda essa realidade digital já existia muito antes da pandemia.

A maioria da empresas não tinham essa cultura implementada e quando se viram na necessidade de mandar seus funcionários para casa e trabalharem em formato remoto, encontraram muitos desafios. Organização, comunicação, tempo de adaptação, gestão de pessoas, transformação digital.

Já empresas que já usavam essa política de trabalho, tiveram maior facilidade de adaptação e estavam muito mais preparados para encarar a crise do novo vírus.

 

Trabalho remoto

Antes da pandemia, existia um certo preconceito em relação ao home office. Porém, estudos nos últimos anos, mostram que funcionários que faziam home office com frequência, eram bastante efetivos e tinham maior rendimento do que se estivessem no escritório.

É um estilo de vida que depende muito do profissional. Nesse formato, ele tem uma certa flexibilidade nos horários, selecionando o momento que ele é mais produtivo. Ou seja, ele trabalhará muito mais focado e por mais tempo quando estipula seu formato de trabalho em casa.

 

Marketing Digital

Há anos, o marketing digital vem fazendo parte das estratégias de marketing para muitas empresas. Enquanto outras se mantinham num formato mais antiquado, o tempo passou e as tecnologias evoluíram.

Com a pandemia, essas empresas que não investem no digital se viram numa situação mais preocupante. Como vou vender? Como vou atender meus clientes? Como vou mostrar meu produto ou serviço?

O que antes já era muito comum, as vendas online agora se tornaram praticamente únicas. Pois a população está imersa no universo digital. E uma coisa é fato, ninguém parou de consumir.

Existem ferramentas tecnológicas incríveis, desde plataformas de georreferenciamento para entender onde está o seu consumidor e ser mais certeiro em ações específicas, sites de e commerces, redes sociais, pagamentos com cartão podem ser feitos todos através de um único link e sites institucionais que são a vitrine para uma empresa.

Quanto mais investimento da marca no digital, mais você será visto. E isso vale também para o atendimento ao cliente. Quanto melhor o atendimento, maior a confiança que o consumidor terá na sua marca.

Anteriormente, a transformação digital em empresas, era vista como um diferencial e agora com toda a crise, se tornou necessidade. O que mostra que empresas que já tinham esse formato, também tiveram um impacto menor agora.

 

Aplicativos mobile

Outra ferramenta que já era muito utilizada por empresas antes da pandemia, era o uso de aplicativos para mobiles.

Os bancos investiram em apps para facilitar a vida da população. O problema é que existia muito receio de pessoas. Mexer com dinheiro pelo celular? Será que é seguro?

E sim, sempre foi muito mais seguro.

Pós pandemia, a maioria dos locais fecharam o funcionamento físico, tanto a população quanto empresas que não usavam aplicativos, precisaram correr atrás do prejuízo.

É possível se fazer de tudo. Academias fazendo vídeos de treinos, pagamentos e transferências todas pelos celulares, sem poder aglomerações e festas a moda é lives pandemia e encontros virtuais.

E claro, como já dissemos, tudo isso também já existia antes. A diferença é que agora a maioria consegue ver a necessidade dessa tecnologia no dia a dia.

 

O objetivo deste artigo é mostrar que a ideia de um “novo normal” é variável. Tudo depende da realidade de cada um antes e pós pandemia.

Ou seja, muitas empresas e pessoas não sentem dificuldades de adaptação a essa realidade atual, pois esta já fazia parte da rotina de antes.

Enquanto outros, estão encontrando muitos obstáculos e desafios de adaptação e consideram a realidade de agora como um “novo normal”, pois tinham uma rotina diferente.

Então, lembrando, o novo normal é individual, do momento presente e não uma expressão generalizada.

O que podemos concluir, é que independente desse novo normal já existir anteriormente, o mundo agora segue nessa transformação digital. A necessidade mostrou um universo de possibilidades que muitos não conheciam.

O importante, neste momento, é adaptar a esta realidade. Pois ela continuará fazendo parte das nossas vidas, cada vez mais.

Siga a OW nas redes sociais INSTAGRAM, FACEBOOK e LINKEDIN e fique por dentro das informações e curiosidades do universo tecnológico.

Deixe um comentário